quarta-feira , 22 novembro 2017

No Banner to display

UBER – Na capital, motoristas tem pneus furados e acusam taxistas

Compartilhe:

A divulgação da informação de que representantes do aplicativo UBER estavam realizando o cadastro dos possíveis colaboradores na cidade de Porto Velho, capital de Rondônia, levou a uma grande procura de pessoas interessadas em prestar o serviço na cidade.

Porém, indignados com a chegada da ferramenta eletrônica, dezenas de taxistas foram até a frente do hotel onde os funcionários do UBER estariam atendendo os futuros colaboradores e iniciaram uma manifestação exigindo o fim das atividades da empresa na capital rondoniense.

Com gritos de “fora UBER”, os taxistas saíram em carreata pelas ruas da cidade para chamar atenção da sociedade ao fato. A guerra entre os motoristas de táxi e o UBER é declarada, confrontos com agressões físicas já foram registrados em todas as cidades onde o aplicativo passou a funcionar.

Em Porto Velho, algumas pessoas que foram até o local para se cadastrar no UBER relataram que tiveram os pneus de seus veículos furados no estacionamento do hotel, eles acusaram os taxistas. Já os taxistas garantem que o serviço representa uma competição comercial desleal com profissionais que pagam seus impostos e geram renda para o Estado e prometem não dar vida fácil a quem decidir prestar esse serviço na cidade.

Vale lembrar que um prestador de serviço do UBER chega a faturar mais de mil reais por semana em média, livre de impostos.

Ainda sem legislação vigente, a Câmara de Vereadores provavelmente deverá interferir no assunto, os profissionais de transporte privado possuem representantes na Câmara municipal e Assembleia Estadual, fator que deixa os taxistas confiantes na aprovação de uma lei que proíba a chegada do UBER.

Por outro lado, a grande expectativa de uma boa parcela da comunidade portovelhense em ter o direito de utilizar a ferramenta podendo escolher o serviço que irá pagar, poderá colocar os parlamentares contra a parede.

Administrativamente o UBER já uma realidade em Porto Velho, sem empecilhos legais, o aplicativo já deverá estar a disposição dos munícipes a partir da efetivação dos primeiros cadastros de colaboradores.

Com o UBER o cliente poderá escolher em seu smartphone um serviço de transporte pessoal a partir do perfil do motorista e especificações do carro, além de negociar o valor da corrida.

 

Fonte: RONDONIAOVIVO

 

Veja Também

TEMPO: Previsão de chuva para esta terça-feira em RO, segundo Sipam

A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) se formou no último domingo sobre o …

No Banner to display



Deixe seu Comentário

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *