segunda-feira , 18 dezembro 2017

No Banner to display

Ibama incendeia acampamentos de madeireiros e trator em reserva florestal

Compartilhe:

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está realizando uma operação para combater o desmatamento e extração ilegal de madeira em áreas de reserva indígena e unidades de conservação na região de Ponta do Abunã, Vista Alegre, Extrema e Nova Califórnia, fronteira entre Rondônia e Acre.

A operação “Onda Verde” começou a ser realizada no dia 6 de outubro e não tem data para terminar.

Até esta quinta-feira (12), o Ibama informou que já foram apreendidos cinco caminhões, 50 m³ de madeira, um carro de passeio, um trator, 12 motosserras e uma espingarda.

Trator apreendido foi incendiado (Foto: Ibama/Divulgação)

Trator apreendido foi incendiado (Foto: Ibama/Divulgação)

O trator apreendido e mais três acampamentos de madeireiros foram destruídos pelos agentes, segundo o Ibama. Dez autos de infração, que somam mais de R$ 300 mil, já foram aplicados pelos agentes.

A operação conta com 15 agentes do Ibama e 6 do Batalhão de Polícia Ambiental do Amazonas. Nove viaturas e um helicóptero são usados na Onda Verde.

A ação também está sendo feita no sul de Lábrea (AM) e Terra indígena Kaxararí.

Segundo o agente ambiental federal do Ibama que está acompanhando a operação, Joel Araújo, ainda não existe uma previsão os trabalhos serem encerrados. Nenhum madeireiro foi preso até esta quinta-feira.

Madeira foi apreendida pelo Ibama  (Foto: Ibama/Divulgação)

Madeira foi apreendida pelo Ibama (Foto: Ibama/Divulgação)

Ação ocorre na divisa entre RO, AC e AM (Foto: Ibama/Divulgação)

Ação ocorre na divisa entre RO, AC e AM (Foto: Ibama/Divulgação)

Veja Também

Locomotiva 14 da EFMM está pronta para visitação no Espaço Alternativo

Lenha na Fogueira – 15.12.17 Nesta sexta feira dia 15, às 17 horas, no prédio …

No Banner to display



Deixe seu Comentário

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *