segunda-feira , 21 Maio 2018

No Banner to display

Estado cresce se fortalece e BR 364 continua matando e prejudicando a economia

Compartilhe:

A campanha permanente que o Rondônia Dinâmica faz há tempo para a restauração e duplicação da BR 364, mais conhecida como “Matadouro Humano” motiva a cobrança sistemática do jornal eletrônico para adequação da mais importante rodovia federal, que corta o Estado à realidade do Estado. São aproximadamente 1,4 mil quilômetros e 700 em condições precárias, no trecho entre Porto Velho a Vilhena.

Esta semana, como nas anteriores muitas pessoas perderam a vida na 364. Outra parte ficou mutilada e sem condições de ter uma vida normal. Todas as semanas ocorrem mortes e mutilações na BR 364, que poderiam ser evitadas caso a rodovia apresentasse as mínimas condições de segurança, para um tráfego seguro.

No período da safra de grãos de Rondônia e do sul do Mato Grosso a situação da 364 se agrava, porque cerca de 2 mil carretas circulam diariamente no trecho Vilhena-Porto Velho transportando a safra para o porto graneleiro da capital. Como a manutenção é precária e o período de inverno amazônico (chuva) também não colabora para danificar o piso todo início de seca (verão) a estrada está intransitável, perigosa, como agora.

O tapa-buracos interminável deve favorecer alguém. Recentemente autoridades, inclusive políticos, foram presos acusados de corrupção nas ações de tapa-buracos. Infelizmente nada foi resolvido, porque a 364 novamente está com o leito no trecho Vilhena-Porto Velho esburacado e com poucos locais em condições seguras para o tráfego.

O desleixo do governo federal com a BR 364 só favorece empreiteiras, que todos os anos são contratadas para tapar buracos e nunca realizam um serviço definitivo e para as funerárias, que diariamente recebem “clientes” devido ao elevado índice de acidentes com óbito.

A bancada federal de Rondônia deve se juntar a do Acre, que também é prejudicado com a 364 deteriorada e os demais políticos (deputados, vereadores, prefeitos, governadores) e a sociedade organizada numa cruzada em favor da restauração e posterior duplicação da BR.

É preciso dar um basta na carnificina humana que ocorre ao longo da BR 364 e devido às precárias condições da pista que desaparece no período de chuvas. Rondônia é um Estado, ainda, em franca evolução e precisa de mais apoio do governo federal, inclusive para restaurar e duplicar a 364, o mais importante canal de exportação da nossa produção, agrícola, mineral e animal.

BR 364, restauração e duplicação-já.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

 

Veja Também

ll

Homem confessa ter matado professor universitário e é preso em Porto Velho

Um homem, de 22 anos, suspeito de ter matado e esquartejado o professor universitário, Elessandro …

No Banner to display



Deixe seu Comentário

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *