Uma história digna de cinema ocorreu com um casal da Flórida, nos Estados Unidos: Ruth e Lee Huenniger encontraram uma garrafa nas proximidades do mar, e repararam que nela havia um papel.

Nele, estava escrito: “Nós estamos aprendendo tuddo sobre piratas. Nós gostaríamos de ver o quão longe essa mensagem vai. Por favor, escreva e nos conte onde você encontrou a garrafa.”

Havia também um endereço. O detalhe é que ele ficava na Escócia, do outro lado do oceano! “Classe 2/3, Escola Chapelpark , Rua Academy,  Forfar, Angus, Escócia”. Curiosamente, a palavra rua (em inglês, street) estava escrita de forma errada (steert).

De acordo com o jornal local Keys News, o casal resolveu responder: “Sua mensagem foi encontrada em Key Largo, Flórida, Estados Unidos, em 29 de setembro de 2017. Esperamos que tenha sido uma experiência divertida para sua classe”. Apesar de a mensagem inicial ter sido enviada há alguns meses, a história só veio à tona na mídia na última quinta-feira, 25 de janeiro.

No mês seguinte, em 23 de outubro, veio a resposta – e a surpresa: uma mulher chamada Fiona Cargill enviou uma resposta, contando que já estava aposentada de suas funções há cerca de um ano e meio, e que a garrafa havia sido colocada no mar na décade de 1980!

“Esquecemos de colocar a data na carta, mas você tem que acreditar, essa garrafa foi colocada em sua jornada há mais de 30 anos. Os alunos que fizeram parte disso agora devem estar em seus ‘trinta e poucos'”, disse.

Tanto tempo depois, a forma como a carta chegou às mãos certas também foi curiosa: como a escola havia fechado há cerca de 10 anos, o carteiro resolveu entregá-la no local onde funcionava a nova escola da cidade. Os funcionários então foram atrás de informações e descobriram quem era a professora da turma em questão, encaminhando a carta a ela.

O canal escocês STV News entrou em contato com alguns alunos que escreveram a carta e descobriu o ano em que foi enviada: 1985.

“É maravilhoso que isso tenha sobrevivido tantos anos e tamanha distância. Estou certa de que, quando escrevemos esta carta há tantos anos, nós não esperávamos que ela chegaria até a Flórida”, comentou Lynne Robertson, que hoje tem 39 anos. Ela ainda contou que as crianças se vestiram de piratas no dia do envio.

Ruth jogou a garrafa fora, mas guardou a carta. Confira o estado dela na foto abaixo:

A message in a bottle, written in my home town of Forfar in the 1980s, has washed up 4,000 miles away in Florida. http://bbc.in/2nhbTDj